Messi defende volta de Neymar ao Barcelona: ‘É um dos melhores do mundo’

  • Por Jovem Pan
  • 20/02/2020 09h23
EFEMessi e Neymar foram companheiros de Barcelona

O atacante Lionel Messi, capitão do Barcelona, afirmou em entrevista publicada nesta quinta-feira pelo jornal “Mundo Deportivo” que Neymar é um dos melhores jogadores do mundo e que gostaria que o brasileiro voltasse ao clube catalão.

“Ele era uma pessoa muito alegre, estava sempre contente, e se divertia tanto dentro como fora do campo. Ele fazia o vestiário ter uma alegria diferente. Ele está muito ansioso para voltar, sempre se mostrou arrependido. Ele fez muito para voltar e esse seria o primeiro passo para tentar conseguir”, comentou o argentino.

Messi disse que compreenderia uma possível rejeição dos sócios do clube à volta de Neymar, mas enfatizou que a equipe precisa ter os melhores jogadores.

“É normal que as pessoas o vejam dessa maneira pela forma como ele saiu, também fiquei chateado. Nós tentamos convencê-lo a não sair. Mas, no fim, todos queremos ganhar e ter os melhores. Como eu disse antes, ele é um dos melhores, e nos ajudava muito em campo. Mas é compreensível que as pessoas pensem assim, já que ele saiu de uma forma que não gostaram”, analisou.

Em longa entrevista, Messi abordou diversos assuntos atuais que envolvem o clube, incluindo uma polêmica na qual se envolveu: quando o secretário técnico, Eric Abidal, afirmou que a saída de Ernesto Valverde foi ocasionada por uma rejeição do elenco ao técnico.

“Não sei o que passou pela cabeça dele, mas acho que respondi porque me senti atacado. Senti que ele tinha atacado os jogadores. E já se fala demais do vestiário, quem administra tudo, quem contrata e demite treinadores e traz jogadores, especialmente de mim. Como se eu tivesse muito poder e tomasse decisões”, afirmou.

O argentino também mencionou os antigos boatos sobre uma possível saída do Barcelona, que disse descartar no momento.

“Em muitas ocasiões tive a possibilidade de deixar o clube, havia muitos clubes interessados que estavam dispostos a pagar até a cláusula, mas em nenhum momento pensei em sair, e nem agora. Vou dizer novamente. Se o clube quiser, não há problema”, comentou.

Questionado sobre um dos grandes rivais da carreira, Cristiano Ronaldo, Messi afirmou que o português – hoje na Juventus – está fazendo falta ao Real Madrid.

“Perderam muitos gols. Era óbvio que isso aconteceria. Não só gols, Cristiano Ronaldo também te dá muitas outras coisas. Querendo ou não, vão notar quando você perde um jogador que faz 50 gols por temporada. O Real tem grandes jogadores, mas Cristiano faz 50 gols por temporada.

*Com informações da EFE