Neymar é punido com suspensão de dois jogos por confusão com González

Brasileiro acusa jogador do Olympique de Marselha de racismo; espanhol ainda não recebeu nenhuma punição

  • Por Jovem Pan
  • 16/09/2020 18h46
EFE/EPA/Julien de RosaNeymar e González se desentenderam no clássico; brasileiro deu um tapa no adversário, e disse que discussão começou após ato racista

A LFP (Liga de Futebol Profissional da França), organizadora do Campeonato Francês, anunciou a punição de dois jogos para Neymar após a confusão com o zagueiro espanhol Álvaro González, do Olympique de Marselha, durante o clássico disputado contra o PSG no último domingo. O brasileiro foi expulso após dar um tapa no rival depois de uma confusão no segundo tempo.

Neymar chegou a reclamar com um dos árbitros da partida de ofensas raciais vindas de Gonzáles. “Racismo no”, protestou o brasileiro quando argumentava com os juízes Por conta das acusações do camisa 10 do PSG, a LFP divulgou que também irá abrir uma investigação para averiguar os insultos racistas de Gonzáles. Além dos dois jogos de gancho, Neymar também foi punido com um terceiro, que só será cumprido caso o brasileiro se envovla em qualquer outro problema disciplinar nas próximas dez partidas organizadas pela entidade.

Neymar foi um dos cinco jogadores expulsos nos momentos finais do clássico perdido pelo PSG por 1 a 0, na 3ª rodada do Campeonato Francês. Di Maria também foi convocado para a próxima reunião da Comissão Disciplinar, no dia 23 de setembro, por cuspir em direção a Álvaro no mesmo jogo.

Novo vídeo

Mais cedo, um novo episódio da briga entre Neymar e Álvaro Gonzáles pode sugerir que o atacante brasileiro tenha feito ofensas homofóbicas ao zagueiro espanhol. O jornal espanhol Gol divulgou um vídeo com leitura labial e legendas da discussão entre eles, que mostra a possível discriminação por parte do camisa 10 parisiense. “P… maricón”, teria sido a ofensa a Neymar pouco antes das reclamações do astro brasileiro para um dos árbitros da partida em que diz “racismo no”. A LFP não fez menção a este trecho do vídeo ao anunciar a punição ao brasileiro.

* Com Estadão Conteúdo