Rabiot ‘pistola’ com redução salarial e não se reapresenta na Juventus, diz jornal

  • Por Jovem Pan
  • 12/05/2020 12h32
DivulgaçãoRabiot foi contratado pela Juventus nesta temporada

O meio-campista Adrien Rabiot está revoltado com a diretoria da Juventus. O francês não concordou com a redução salarial e praticou uma verdadeira greve ao não se reapresentar para os treinamentos do time. As informações foram publicadas pelo jornal “La Stampa”, nesta terça-feira (12).

A Juventus acertou o corte nos vencimentos após negociar com o elenco principal. Rabiot, entretanto, não aceitou a proposta e sequer voltou da França, em protesto pela decisão.

Na última terça-feira (5), os jogadores da Juventus começaram a passar por testes de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Mesmo sem previsão de retorno do campeonato, os clubes foram autorizados a voltar às atividades nos Centro de Treinamento.

Segundo o periódico, a “Velha Senhora” está “estarrecida com a falta de profissionalismo” de Rabiot, que foi contratado nesta temporada.

Contratado junto ao Paris Saint-Germain, Rabiot fez 24 jogos oficias pelo time de Turim e ainda não contribuiu com gols ou assistências.