Sem Messi, Argentina faz 6 a 1 no Equador e amplia invencibilidade após a Copa América

  • Por Jovem Pan
  • 13/10/2019 16h32
Juan Carlos Cárdenas/EFEA Argentina soma três vitórias e dois empates em cinco jogos desde o torneio continental

A Argentina não sabe o que é perder após a Copa América. Quatro dias depois de se superar e empatar por 2 a 2 com Alemanha em Dortmund, a seleção albiceleste foi impiedosa e venceu o Equador por 6 a 1, neste domingo (13), em Elche (Espanha).

Lionel Messi, suspenso, não esteve em campo, mas também não fez falta. Alário, Izquierdo (contra), Paredes, Pezzella, Domínguez e Ocampos foram os responsáveis por balançar as redes para a Argentina – que anotou três gols em cada tempo. Já Mena descontou para o Equador na segunda etapa.

Com o resultado, os comandados por Lionel Scaloni confirmaram a boa fase e chegaram ao quinto jogo sem derrotas – o último tropeço foi contra o Brasil, por 2 a 0, na semifinal da Copa América. Desde então, a equipe enfrentou Chile (2 a 1 na disputa de terceiro lugar da Copa América e 0 a 0 em amistoso) e México (vitória por 4 a 0), além dos alemães e dos equatorianos.

O próximo rival da Argentina será o Brasil, em amistoso que será realizado no dia 15 de novembro, na Arábia Saudita. Ao contrário dos hermanos, a Seleção de Tite vive péssima fase – soma três empates e uma derrota em quatro jogos desde o título da Copa América.