Torcedor do River que arremessou banana é proibido de entrar em estádios de Buenos Aires por 4 anos 

O episódio aconteceu durante a vitória do time argentino por 2 a 0 sobre o Fortaleza, no Monumental de Núñez, no dia 13 de abril, pela Libertadores da América

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2022 12h17
Reprodução/ Twitter river plate Torcedores que arremessou banana para a torcida do Fortaleza foi punido

O Ministério de Justiça e de Segurança de Buenos Aires decidiu nesta quarta-feira, 4, que Gustavo Sebastián Gómez, o torcedor do River Plate que arremessou uma banana em direção aos torcedores do Fortaleza, está proibido de entrar em estádios da cidade por quatro anos. Em comunicado, a pasta diz que a punição deve-se ao ato de “provocação e arremesso de coisas ou substâncias, neste caso uma banana, em uma clara mensagem discriminatória.”

O ato racista aconteceu durante a vitória do River Plate por 2 a 0 sobre o Fortaleza, no Monumental de Núñez, no dia 13 de abril, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Filmado por torcedores do Leão do Pici, Gustavo Sebastián Gómez foi identificado pelo clube argentino, que foi multado em R$ 150 mil pela Conmebol. Após o caso, vários outros episódios de racismo contra torcedores brasileiros foram relatados na competição. A entidade que rege o futebol na América do Sul, assim, prometeu endurecer as punições.