Vinicius Júnior detona arbitragem do duelo entre Real e City pela Champions

  • Por Jovem Pan
  • 27/02/2020 09h27
EFE/ Juanjo MartínVinicius Jr. é atacante do Real Madrid

O meia-atacante brasileiro Vinicius Júnior, do Real Madrid, reclamou na última quarta-feira da atuação do árbitro italiano Danielle Orsato, na derrota para o Manchester City por 2 a 1, no estádio Santiago Bernabéu, pelas ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

“Não é necessário rever a jogada. Todo o estádio viu que (Gabriel) Jesus empurrou Sergio (Ramos). Eles sempre vêm e apitam contra nós. Vamos trabalhar e manter a cabeça tranquila, além de focados em ganhar”, disse o ex-Flamengo já na saída dos vestiários.

Os jogadores do Real Madrid reclamaram muito de falta do brasileiro, que anotou o primeiro gol do Manchester City, empatando partida que havia tido o placar aberto pelo meia Isco, após assistência de Vinicius Júnior. O meia belga Kevin de Bruyne, de pênalti, decretou a virada.

Com o resultado, a equipe do técnico espanhol Josep Guardiola se classificará no tempo normal até mesmo se perder por 1 a 0. Os comandados pelo francês Zinédine Zidane precisarão levar a melhor por dois gols de diferença ou mais, ou por um, desde que marquem duas vezes, ao menos, ou seja, por 3 a 2, 4 a 3, e assim por diante.

Caso o Real Madrid devolva o 2 a 1 o Manchester City, no dia 17 de março, o duelo irá para a prorrogação.

*Com informações da EFE