Arce no Palmeiras? Veja o que o treinador do Cerro Porteño respondeu

O ex-lateral abriu o jogo sobre a possibilidade de comandar o Verdão nesta temporada

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2020 14h22
EFE/Nathalia AguilarEx-Palmeiras, Arce é atual treinador do Cerro, do Paraguai

O Palmeiras permanece em busca de um treinador para substituir Vanderlei Luxemburgo, que foi demitido na semana passada após uma sequência negativa no Campeonato Brasileiro. Depois de ouvir um “não” do espanhol Miguel Ángel Ramírez, do Independiente del Valle, a diretoria do Alviverde passou a sondar outros estrangeiros, como o paraguaio Chiqui Arce. Ex-lateral do Verdão e atualmente à frente do Cerro Porteño, o técnico não fugiu das perguntas e abriu o jogo sobre a possibilidade de assumir o seu ex-time ainda nesta temporada.

“Nosso contrato é até 2021. Falei com dois ex-companheiros do Palmeiras, mas não queria entrar em contato com o presidente e disse a ele o que pensava. Como algo mínimo, quero cumprir meu contrato até 2021. Não quero aprofundar, só quero cumprir o que assinei até dezembro do próximo ano”, disse o Arce à Radio Monumental AM 1080 de Assunção, no Paraguai, na última quinta-feira, 22. O treinador está no Cerro desde dezembro de 2019 e, atualmente, comanda um time que não perde há 16 jogos, desde a paralisação do futebol por causa da pandemia da Covid-19.

Desta forma, a cúpula palmeirense segue focando em outros nomes. Ex-Barcelona, Quique Setién é um dos profissionais que estão no radar do presidente Maurício Galiotte. Além dele, o argentino Gabriel Heinze está sendo cogitado. No Brasil, Guto Ferreira, do Ceará, é outro treinador na mira do clube.