‘Ele me deu um amarelo que não existe’, dispara Felipe Melo após falta dura em santista

  • 29/02/2020 18h16 - Atualizado em 29/02/2020 19h07
Ivan Storti/Santos FCEis o momento da falta dura de Felipe Melo sobre Yuri Alberto

Felipe Melo voltou a ser protagonista de um lance polêmico, neste sábado (29), no Pacaembu. No primeiro tempo do clássico contra o Santos, o volante do Palmeiras cometeu falta duríssima em Yuri Alberto e recebeu um cartão amarelo – em jogada que, para muitos, poderia ter resultado na expulsão do jogador.

Mesmo assim, após a partida, que terminou empatada por 0 a 0, o atleta reclamou da advertência. Em entrevista ao Premiere FC na saída de campo, Felipe questionou se Rony, do Palmeiras, estava impedido no lance em que terminou com um gol bem anulado pela arbitragem e disse que não merecia ter recebido o cartão amarelo na falta sobre Yuri depois dessa infração, inclusive, Vanderlei Luxemburgo também foi amarelado pelo juiz.

“Foi gol ou não? Estava impedido? O árbitro é passível de erro, não estou aqui para criticar. Ele me deu um amarelo que não existe. Eu ver se arrumo um passaporte para bater, porque tem jogadores dando voadora e fazem vista grossa. Para mim, (o Flavio Rodrigues de Souza) é um dos melhores árbitros do Brasil”, afirmou. “É um clássico, de detalhes, tínhamos que ter atenção. Criamos, pecado pelo gol, pecado pelo pênalti. Vamos seguir trabalhando, temos um jogo importante na Argentina”, acrescentou, referindo-se à estreia do Verdão na Libertadores, na próxima quarta-feira, diante do Tigres.

A arbitragem comandada por Flavio Rodrigues de Souza acabou sendo a protagonista do clássico deste sábado. Os santistas reclamam da não-expulsão de Felipe Melo no primeiro tempo, e os palmeirenses, de um impedimento mal marcado em um lance que terminaria com a marcação de um pênalti a favor do Verdão. Na segunda etapa, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo ainda teve um gol bem anulado do estreante Rony.

Assista à falta dura cometida por Felipe Melo sobre Yuri Alberto: