Palmeiras aprova mudança no estatuto e dá vitória para Leila Pereira

  • Por Estadão Conteúdo
  • 04/08/2018 22h08
César Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoLeila fez campanha pelo voto "sim"

Os sócios do Palmeiras aprovaram relevantes mudanças no estatuto do clube, neste sábado (4), sendo a principal delas o aumento do mandato presidencial. Em votação realizada na sede social, 2.152 associados decidiram por diversas alterações, incluindo o aumento do mandato de dois para três anos para quem for eleito presidente do clube. A novidade começa a valer a partir já da próxima eleição, no fim deste ano.

A decisão acaba sendo uma vitória de Leila Pereira, dona da empresa que patrocina o Palmeiras e conselheira do clube. Ela fez uma intensa campanha para que a alteração ocorresse, pois assim Maurício Galiotte, atual mandatário, poderá concorrer à reeleição na próxima eleição. Já em 2021, será a vez dela tentar assumir o cargo.

Foram 1.383 votos a favor da alteração do prazo de duração do mandato, 753 contra e 16 abstenções. Para que a mudança fosse aceita, era preciso ter a maioria de votos para o “sim”, que ganhou com cerca de 65% do total.

Além da determinação da alteração do prazo de duração do mandato de presidente e vices, também foi votado se a mudança já valeria a partir de janeiro do ano que vem, quando o novo mandato se inicia. E o “sim também” ganhou com sobras. Foram 1375 votos contra e 756 contrários, com 21 abstenções.

Veja quais as propostas foram votadas e o resultado de cada uma delas:

1 – Adequação do nome de fundação

Sim: 2.022 / Não: 126 / Abstenções: 6

2 – Adequação do endereço (de rua Turiassu para rua Palestra Itália)

Sim: 1.947 / Não: 198/ Abstenções: 7

3 – Alteração do horário das assembleias gerais

Sim: 2.007/ Não: 133 / Abstenções: 12

4 – Melhoria no processo do voto eletrônico

Sim: 1.988 / Não: 152 / Abstenções: 12

5 – Definição de data para aprovação de orçamentos

Sim: 1.986 / Não: 150 / Abstenções: 16

6 – Alteração do prazo de duração do mandato de presidente e vices

Sim: 1.383 / Não: 753 / Abstenções: 16

6a – Alteração da vigência da alteração de mandato a partir de janeiro de 2019

Sim: 1.375 / Não: 756 / Abstenções: 21

7 – Inclusão de todos os candidatos das chapas como suplentes

Sim: 1.830 / Não: 301 / Abstenções: 21

8 – Suspensão para conselheiro vitalício ausente em três reuniões consecutivas ou cinco alternadas

Sim: 1.956 / Não: 173 / Abstenções: 23

9 – Manutenção do número de 148 conselheiros vitalícios

Sim: 965 / Não: 1.162 / Abstenções: 24

10 – Adequação do estatuto para uso da Lei de Incentivo ao Esporte

Sim: 2.001 / Não: 126 / Abstenções: 25