Palmeiras confirma bom desempenho fora de casa e vence o Atlético-PR no Brasileirão

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2018 18h00 - Atualizado em 06/05/2018 18h25
HEULER ANDREY/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDOBruno Henrique abre o placar para o Palmeiras diante do Atlético-PR na Arena da Baixada

O Palmeiras segue conquistando bons resultados longe de seus domínios. Depois de bater o Alianza Lima no Peru, pela Libertadores da América, neste domingo (6) foi a vez do Verdão triunfar sobre o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O time comandado por Roger Machado teve uma atuação incontestável e venceu por 3 a 1.

Os gols do Verdão foram marcados por Bruno Henrique, Marcos Rocha e Willian – Pablo descontou para o Furacão. Com o resultado, o Palmeiras se recupera na tabela de classificação e chega aos oito pontos, ocupando agora a segunda colocação. Já o Atlético-PR permanece com cinco pontos, na nona posição.

Calma e inteligência

Como era esperado, o duelo entre Atlético-PR e Palmeiras começou bastante movimentado. Os visitantes adiantaram a marcação, enquanto o time da casa trocava passes em busca de espaço. E a primeira chance acabou sendo do Verdão, aos 13 minutos com Felipe Melo de cabeça. O volante, que pouco havia se envolvido em confusão com Thiago Carleto, tocou para fora.

Aos poucos, o Furacão passou a escapar da marcação alviverde e foi chegando ao ataque. Aos 20, Matheus Rosseto recebeu na intermediária e quase surpreendeu o goleiro Jailson, batendo de longe. O palmeirense teve que se esticar para mandar a bola pela linha de fundo. Aos 28, foi a vez de Carleto assustar o goleiro rival, cobrando falta no canto.

Com maior posse de bola, o Atlético-PR começava a controlar a partida, até que nos minutos finais da primeira etapa, o Palmeiras aproveitou uma falha no posicionamento da defesa do time da casa para abrir o placar. O gol alviverde saiu aos 44, após Keno receber passe na área e tocar para Bruno Henrique bater firme e marcar.

Contra-ataque mortal

Na segunda etapa, os times voltaram sem modificações. Atrás do placar, o Atlético-PR tentou pressionar o Palmeiras, que por sua vez se fechou, aguardando a oportunidade de armar um contra-ataque. E logo na primeira chance, o Verdão assustou o Furacão. Willian foi acionado pelo lado direito do ataque e bateu cruzado. A bola desviou e saiu pela linha de fundo.

Na cobrança de escanteio, Marcos Rocha tocou para Dudu na entrada da área. O camisa 7 dominou e bateu forte para a defesa de Santos. No rebote do goleiro, Marcos Rocha pegou de primeira e estufou a rede, ampliando a vantagem alviverde: 2 a 0.

A resposta do time da casa foi imediata. Fernando Diniz resolveu mexer na equipe e lançou o Atlético-PR com tudo ao ataque. Jonathan e Bergson entraram em campo, mas acabaram tendo dificuldades para infiltrar a defesa alviverde. A grande chance, porém, aconteceu com Carleto levantando na área e Pablo cabeceando para a grande defesa do goleiro Jailson.

Já o Palmeiras, quando tinha a posse de bola, tentava valorizar, tocando curto e de forma consciente. E aos 38, em mais um contra-ataque, o Palmeiras Bruno Henrique recuperou a bola, que sobrou para Hyoran. O meia que tinha acabado de entrar, lançou Willian no campo de ataque, à frente do marcador. O camisa 29 ajeitou e bateu cruzado, no canto direito de Santos, ampliando a vantagem alviverde.

Com 3 a 0 no placar, a torcida do Palmeiras começou a cantar mais forte na Arena da Baixada. Até gritos de “olé” foram ouvidos. E o entusiasmo não foi alterado nem mesmo com o gol do Atlético-PR, que diminuiu aos 44 minutos da etapa final com Pablo. O atacante recebeu bola de Jonathan e livre dentro da área só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede.

Confira a narração dos gols: