Palmeiras vence a Ponte Preta, conta com ‘ajuda’ do Corinthians e avança às quartas do Paulista 

A classificação contou com o auxílio do rival Corinthians, que bateu o Novorizontino, na Neo Química Arena; Verdão irá encarar o RB Bragantino na próxima fase

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2021 17h55
Reprodução/Cesar Greco/PalmeirasWillian comemora gol do Palmeiras sobre a Ponte Preta

O Palmeiras avançou às quartas de final do Paulistão e manteve viva a busca pelo bicampeonato neste domingo, 9, ao vencer a Ponte Preta por 3 a 0, com gols de Gustavo Scarpa, Willian Bigode e Wesley, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em confronto válido pela última rodada da fase de grupos. A classificação, porém, também contou com uma “ajudinha” do rival Corinthians, que bateu o Novorizontino, na Neo Química Arena. Com a combinação de resultados, o Alviverde chegou aos 21 pontos no Grupo C, pulando para a segunda posição e ultrapassando a equipe de Novo Horizonte, estagnada com 19. Agora, o Verdão irá enfrentar o líder da chave RB Bragantino, em Bragança Paulista, em mata-mata de jogo único, que deverá acontecer nesta semana. A Federação Paulista de Futebol (FPF) deverá confirmar as datas e os horários nesta segunda-feira, 10.

Mesmo precisando da vitória, Abel Ferreira não escalou o time ideal do Palmeiras, preservando os jogadores considerados titulares para a sequência da Copa Libertadores da América – na terça-feira, o Alviverde encara o Independiente del Valle, no Equador, pela quarta rodada. Com os reservas, o Verdão não teve um início de jornada animador, pouco ameaçou a Macaca e ainda levou sustos de Paulo Sérgio, atacante que fez Jailson praticar boa defesa à queima-roupa. Aos 34 minutos, porém, Gustavo Scarpa, utilizando seu principal recurso, encheu o pé de fora área e estufou a rede da Ponte Preta, abrindo o placar com um belo gol. Mais confortável, os visitantes ampliaram nos acréscimos: Scarpa fez boa jogada pela direita e encontrou Willian Bigode, que não teve trabalho para empurrar para as redes.

Inspirado, Gustavo Scarpa resolveu a partida logo no retorno do segundo tempo. No primeiro minuto, o meio-campista recebeu de Willian e cruzou para Wesley, que mandou para o fundo das redes. Sem esboçar qualquer tipo de reação, a Ponte Preta ainda concedeu outras chances ao adversário. O próprio Wesley quase fez o seu segundo minutos mais tarde, mas acabou desperdiçando cara a cara com o goleiro, chutando para fora. Com o passar do tempo, a intensidade da partida foi diminuindo, com Abel Ferreira e Fábio Moreno, treinadores dos dois times, fazendo substituições protocolares, sem alterar o rumo do resultado.