Palmeiras vence o River Plate e abre vantagem na semifinal da Libertadores

Rony, Luiz Adriano e Viña marcaram na vitória por 3 a 0, fora de casa

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2021 23h23
Reprodução/ Twitter @LibertadoresBRLuiz Adriano marcou o segundo gol do Palmeiras na partida

Nesta terça-feira, 05, começaram as semifinais da Copa Libertadores da América de 2020. No jogo de ida, o River Plate recebeu o Palmeiras no estádio Libertadores de América, em Avellaneda, e saiu em desvantagem na briga pela vaga na final que será disputada no Maracanã no dia 30 de janeiro. Com gol de Rony, Luiz Adriano e Viña, a equipe brasileira garantiu vantagem para a partida de volta na próxima semana, no Allianz Parque. O jogo começou muito estudado por ambas as equipes. O Palmeiras encontrou um pouco de dificuldade para criar suas jogadas nos minutos iniciais e foi de um erro do adversário que o primeiro gol saiu. Ao tentar tirar a bola da pequena área, o goleiro Armani saiu errado e entregou nos pés de Rony, que abriu o placar aos 26 minutos do primeiro tempo. Quatro minutos depois, Gustavo Scarpa marcou o segundo, mas o lance foi invalidado pelo VAR por causa da posição de Luiz Adriano, que deu a assistência. Depois do susto, o River Plate pareceu acordar e até assustou a meta de Weverton, incluindo uma bola no travessão, mas não conseguiu igualar o placar.

Na volta do intervalo, logo aos dois minutos, Luiz Adriano teve sua chance e não desperdiçou. Em bola roubada no meio de campo, o atacante bateu por baixo das pernas de Armani e ampliou o placar para os visitantes. O River continuou perdendo chances, mas aos 14 minutos eles “perderam a cabeça”. Carrascal deu uma entrada dura por trás em Gabriel Menino e foi expulso direto pelo árbitro. A falta foi cobrada em seguida, Matías Viña subiu mais alto e marcou o terceiro, de cabeça. Depois do placar formado, os argentinos ainda tentaram marcar pelo menos um gol redentor, mas com dez jogadores ficou difícil organizar jogadas.