Roger vê exagero em expulsão e diz que Felipe Melo “pagou pelo retrospecto”

  • Por Jovem Pan
  • 31/03/2018 19h24
Newton Menezes/Futura Press/Estadão ConteúdoRoger Machado comandou o Palmeiras à vitória no jogo de ida final do Campeonato Paulista

Felipe Melo foi novamente protagonista de uma polêmica contra o Corinthians. Após se envolver em confusão com Clayson no Campeonato Brasileiro do ano passado, o volante voltou a se desentender com o meia-atacante alvinegro e foi expulso no último minuto do primeiro tempo da final deste sábado, em Itaquera – o corintiano também recebeu cartão vermelho.

Após o jogo, que terminou com triunfo do Palmeiras por 1 a 0, o técnico Roger Machado disse que conversou com Felipe Melo no intervalo e que o volante lhe garantiu que não fez nada. O próprio treinador classificou a expulsão como um “exagero”.

“Conversei com o Felipe (Melo) no intervalo e ele me disse que não fez nada. As imagens mostraram que foi um exagero, pagando pelo retrospecto”, afirmou.

Apesar disso, Roger criticou as duas equipes pela confusão que marcou a partida de ida da decisão do Campeonato Paulista: “essas confusões não deveriam nem acontecer. Fica feio. Agora é página virada e que não leve nada para o próximo confronto”.

Sobre o jogo, Roger explicou a postura mais defensiva do Palmeiras, que preferiu abdicar da posse de bola para apertar a marcação sobre os jogadores do Corinthians.

“Não sei se surpreendemos, mas foi eficiente a forma como entendemos que deveríamos agir para neutralizar o início de construção da jogada do Corinthians. Em boa parte do tempo fizemos bem, isso impediu os jogadores de meio pegarem a bola em condição de acionar as jogadas fortes que eles têm pelas beiradas.”

A um empate do título, o Palmeiras volta a enfrentar o Corinthians no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Allianz Parque. Antes disso, o time alviverde encara o Alianza Lima, do Peru, às 20h30 de terça, também dentro de casa, pela Libertadores.