Roma confirma contratação do uruguaio Matías Viña, do Palmeiras

Contratado pelo Alviverde paulista no ano passado, o lateral-esquerdo disputou 69 partidas, marcando cinco gols e dando 10 assistências

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2021 12h52 - Atualizado em 20/07/2021 18h43
Cesar Greco/PalmeirasMatías Viña foi negociado pelo Palmeiras com a Roma

Diretor da Roma, Tiago Pinto confirmou nesta terça-feira, 20, que o lateral-esquerdo Matías Viña, do Palmeiras, é o novo reforço para a próxima temporada. Em conversa com torcedores na chegada do CT do clube, em Trigoria, o dirigente português garantiu que o negócio com o ala uruguaio está fechado. De acordo com a imprensa europeia, a agremiação italiana deve pagar 11 milhões de euros (aproximadamente R$ 68 milhões) ao time paulista, além de mais 2 milhões de euros (R$ 12 milhões) de bônus por metas. A contratação de Viña é um pedido de José Mourinho, treinador que chegou recentemente ao time italiano, mas que perdeu o titular da posição, Leonardo Spinazzola, por lesão — o jogador rompeu o tendão de Aquiles durante a disputa da Eurocopa com a seleção italiana. Além disso, a aquisição faz parte da reestruturação do clube, que também se reforçou com Rui Patrício, ex-goleiro do Wolverhampton. Além deles, o lateral-direito Alessandro Florenzi pode retornar à equipe após seu empréstimo ao Paris Saint-Germain e o meia suíço Granit Xhaka, do Arsenal, está perto de ser oficializado pela diretoria romanista.

Contratado pelo Palmeiras no ano passado, Viña disputou 69 partidas com a camisa alviverde, marcando cinco gols e dando 10 assistências. O jogador esteve presente na Copa América disputada no Brasil, onde a sua seleção foi eliminada nas quartas de final da competição pela Colômbia, nos pênaltis. Sem o uruguaio, o técnico português Abel Ferreira tem Victor Luis e Esteves como possíveis substitutos para a posição. Porém, quando não pôde contar com o uruguaio, improvisou o zagueiro Renan na função. É por isso que o clube já pensa em contratar outro lateral, que tenha o mesmo peso do novo reforço da Roma. Jorge, emprestado pelo Monaco ao Basel, da Suíça, é visto com bons olhos pelo presidente Maurício Galliotte, mas nenhum contato foi feito com o jogador. O ex-Santos e Flamengo foi submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo em dezembro e só retornou aos treinos recentemente.

*Com informações do Estadão Conteúdo