Técnico do Palmeiras cogita mudanças por causa da tática do Corinthians

  • Por Jovem Pan
  • 06/04/2018 15h40
Cesar Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoRoger teme 4-2-4 do Corinthians

Técnico do Corinthians, Fábio Carille tem indicado que não vai escalar nenhum centroavante no jogo contra o Palmeiras, neste domingo (8), pela final do Campeonato Paulista. E isso parece preocupar Roger Machado, treinador do Palmeiras. Em entrevista nesta sexta-feira (6), ele mostrou que cogita fazer mudanças no próprio time para evitar problemas.

Roger já sofreu com esse tipo de escalação: no primeiro dérbi de 2018, Carille surpreendeu ao escalar o Corinthians assim, com uma linha de 4 jogadores ofensivos, mas nenhum fixo dentro da área. Roger comentou que isso gerou uma superioridade numérica para o Corinthians no meio-campo, algo que ele precisa evitar agora.

“Se o Corinthians jogar com dois meias por dentro e dois agudos pelas pontas, e a gente não igualar o número no meio, perde o meio. O que muitas vezes parece falta de garra ou de intensidade, nada mais é do que o desencaixe promovido pela movimentação dos jogadores. Faz com que você não consiga encaixar a marcação, isso soa como desinteresse, falta de pegada”, afirmou ele, lembrando de críticas que vieram da torcida naquela época.

No clássico do sábado passado (31), o Corinthians jogou com três meias e um centroavante. Roger disse que reviu aquela partida já imaginando como seria se Carille usasse o 4-2-4 novamente: “revi o primeiro clássico pensando nas alternativas, se Jadson volta, se tem dois meias novamente. Dali vem para o campo e executa”.

Mas é claro que Roger Machado não revelou como pretende anular a tática do Corinthians. Ele fez mistério até sobre a escalação, pois alguns jogadores não estão 100% fisicamente: “vou conversar com Omar Feitosa, preparador físico, fisiologistas e médicos. Deixamos lá dentro o Dudu, Moisés, o Antônio Carlos saiu antes, Keno. Eram 48 horas do jogo contra o Alianza. Na metade do treino, Antônio disse que estava com a perna pesada. Dudu gosta de estar no campo, mas falei que não. Hoje (sexta-feira) é o dia que a gente define a estratégia de domingo”.

O Palmeiras fará um treino aberto para a torcida neste sábado. A decisão será no domingo (8), às 16h. Se vencer ou empatar, o Palmeiras será campeão paulista após 10 anos de jejum no estadual. Se perder por um gol de diferença, a decisão irá para os pênaltis. O Corinthians só será campeão direto se vencer por dois gols de diferença.