Diniz admite desejo em contar com Ganso no Santos: ‘Seria bom para todo mundo’

O meio-campista tem contrato com o Fluminense até 2023, mas atualmente ocupa o status de reserva na equipe de Roger Machado, atrás de Nenê e Juan Cazares na lista de preferências do treinador

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2021 11h40
Montagem sobre fotos/Reprodução/Santos FC/Paulo Sérgio/Estadão ConteúdoFernando Diniz, técnico do Santos, sonha em contar com Paulo Henrique Ganso

O técnico Fernando Diniz abriu as portas para o meio-campista Paulo Henrique Ganso, do Fluminense, após a vitória do Santos diante do Cianorte, fora de casa, pela rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Em entrevista coletiva, o treinador do Alvinegro praiano admitiu o desejo em contar com o armador, revelado no clube da Vila Belmiro e seu comandado no período em que trabalhou no Tricolor das Laranjeiras. “É um assunto interno. Resolvemos internamente. Ganso teve grande participação comigo no Fluminense. Se puder voltar, seria bom para todo mundo, mas tratamos disso internamente”, disse o “professor”, apontando que a diretoria está negociando com o jogador.

Ganso tem contrato com o Fluminense até 2023, mas atualmente ocupa o status de reserva na equipe de Roger Machado, atrás de Nenê e Juan Cazares na lista de preferências do treinador. Assim, o Santos espera chegar em um acordo com o clube carioca em uma negociação por empréstimo do atleta, que foi campeão da Libertadores (2011), da Copa do Brasil (2010), da Recopa Sul-Americana (2012) e tri do Paulista (2009, 2010 e 2011) com o Peixe. Em 2019, ele foi treinado por Diniz, tendo seu melhor aproveitamento no Tricolor, atuando em 47 partidas.