Recuperação de Veríssimo aumenta briga e indicará outro titular da zaga santista

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2020 21h05
Ivan Storti / SFC

Com um início de temporada irregular, o Santos teve seis jogadores que foram titulares em todos os compromissos da equipe em 2020. Todos eles são do sistema defensivo, mas ao menos um deles poderá perder essa condição na segunda-feira, quando o time vai receber o Botafogo de Ribeirão Preto, na Vila Belmiro, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Afinal, titular absoluto em 2019, Lucas Veríssimo está recuperado de lesão e poderá estar à disposição de Jesualdo Ferreira para o próximo compromisso santista. A mudança no comando técnico da equipe em 2020 não deve alterar o status do defensor. Assim, ele deve retornar ao time na próxima segunda, com Luan Peres ou Luiz Felipe perdendo espaço e figurando no banco de reservas.

O companheiro de zaga de Lucas Veríssimo em 2019 costumava ser Gustavo Henrique, que deixou a Vila Belmiro, se transferindo para o Flamengo. O suspense sobre o novo parceiro do titular deverá ser solucionado em breve, mas Luiz Felipe larga na frente, ao menos pelo histórico.

Ele, afinal, era o escolhido por Jorge Sampaoli para atuar pela direita quando Gustavo Henrique estava indisponível, enquanto as principais chances para Luan Peres eram no lado esquerdo da zaga, em função costumeiramente exercida por Lucas Veríssimo.

Essa possibilidade foi comentada por Luiz Felipe. “Ele (Lucas Veríssimo) gosta de jogar pela esquerda e eu pela direita, porque sou destro, mas já atuei na esquerda. Depende do que o professor preferir. Não tem muito segredo. Todos estão no mesmo nível, trabalhando forte. Ele que decide. Ele não entrou em detalhes nesse sentido ainda”, afirmou Luiz Felipe, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé.

Além da dupla de zaga, os outros quatro jogadores que atuaram como titulares em todos os jogos do Santos em 2020 foram o goleiro Everson, os laterais Pará e Felipe Jonatan e o volante Diego Pituca. Desses quem deve ver a concorrência aumentar é Pará, pois o lateral-direito Madson também foi liberado recentemente pelo departamento médico.

*Com informações de Estadão Conteúdo