Robinho vai ao CT e fica perto de ser anunciado pelo Santos

A advogada do atacante procurou a direção do Peixe com a proposta de o atacante receber um salário simbólico de R$ 10,00 por mês até o fim de 2020, com um valor maior sendo pago no próximo ano, e as negociações avançaram

  • Por Jovem Pan
  • 10/10/2020 20h02
ReproduçãoRobinho no CT Rei Pelé neste sábado

Robinho fez seu retorno ao CT Rei Pelé neste sábado, 10, embora ainda não seja, novamente e oficialmente, jogador do Santos. O anúncio, porém, está muito próximo, tendo sido encaminhado após uma reunião entre membros da diretoria e a advogada do atacante, Marisa Alija, no centro de treinamentos. Fotos do jogador no CT santista circularam nas redes sociais neste sábado, indicando que o anúncio da contratação é iminente. E, de fato, precisa ser rápido, pois o clube deverá receber nova punição da Fifa na próxima terça-feira, sendo mais uma vez proibido de registrar novos jogadores, em função de dívidas com o Huachipato, pela contratação de Soteldo, e o Atlético Nacional, pela aquisição de Felipe Aguilar. Além disso, o acordo entre o Santos e Robinho precisa receber o aval do Comitê de Gestão e do Conselho Fiscal do clube. Assim, o presidente Orlando Rollo trabalha à espera desse aval e correndo contra o tempo para registrar o atacante antes que o clube receba nova punição.

Adiantada por Vampeta, comentarista do Grupo Jovem Pan, a negociação entre Santos e Robinho teve algumas reviravoltas nos últimos dias, com Rollo inicialmente descartando a contratação por causa das dificuldades financeiras do clube. A situação mudou quando a advogada do atacante procurou a direção com a proposta de o atacante receber um salário simbólico de R$ 10,00 por mês até o fim de 2020, com um valor maior sendo pago no próximo ano. Depois disso, o presidente em exercício chamou Marisa para uma reunião neste sábado. Formado nas divisões de base do Santos, Robinho está prestes a iniciar a sua quarta passagem pelo clube. Ele foi campeão brasileiro em 2002 e 2004, deixando o clube em 2005. Fez um primeiro retorno em 2010, tendo sido campeão da Copa do Brasil e paulista. Já em 2015, também faturou o Estadual. E soma 111 gols marcados em 253 jogos.

*Com informações do Estadão Conteúdo