Santos bate o São Bento na Vila Belmiro e se livra do rebaixamento no Paulista

Lucas Braga e Kaio Jorge foram os autores dos gols do Alvinegro, que encerra a sua participação no Estadual na terceira posição do Grupo D, fora da zona de classificação para as quartas de final; time de Sorocaba cai para a Série A2

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2021 17h55 - Atualizado em 09/05/2021 18h00
Reprodução/Twitter/@SantosFCO Santos venceu o São Bento e evitou a queda para a Série A2 no Paulistão

O Santos pode continuar se orgulhando de nunca ter conhecido o amargo sabor de ser rebaixado. Neste domingo, 9, o Peixe fez a sua lição de casa, bateu o São Bento por 2 a 0, na Vila Belmiro, e evitou a queda no Campeonato Paulista. Lucas Braga e Kaio Jorge foram os autores dos gols do Alvinegro, que encerra a sua participação no Estadual na terceira posição do Grupo D, fora da zona de classificação para as quartas de final. O time de Sorocaba, por sua vez, termina a competição com a segunda pior campanha geral e irá disputar a Série A2 no ano que vem.

No confronto direto pela permanência na elite do Paulistão, o Santos necessitava de apenas um empate contra o time do interior. A equipe comandada pelo interino Marcelo Fernandes, entretanto, assumiu as rédeas da partida logo de cara, controlando a posse de bola e se impondo no campo do adversário. Ângelo, Pirani e Jean Mota, com chutes perigosos, incomodaram o arqueiro do São Bento com um repertório de finalizações. O primeiro do gol do Peixe, contudo, teimou em sair e só aconteceu aos 40 minutos, quando Lucas Braga recebeu na área e bateu cruzado após troca de passes do time santista. Já nos acréscimos, Kaio Jorge deixou a torcida do Peixe ainda mais aliviada. Após jogada individual de Ângelo, o atacante recebeu na pequena área e teve a calma para dominar e estufar a rede.

Na volta do vestiário, o Santos tentou esfriar o jogo, tocando a bola e controlando a posse de bola. Sem se esforçar em buscar mais gols, o time da casa apenas focou em não deixar o adversário reagir. O plano não deu totalmente certo! Daniel Costa, em dois lances seguidos, fez o goleiro santista João Paulo praticar boas defesas. Em seguida, o próprio camisa 10 do São Bento acertou o poste do Santos, dando um ar de tensão ao jogo. O ânimo da equipe visitante, porém, logo cessou e a partida se encaminhou para os minutos finais sem novas emoções.