Após primeiro treino no São Paulo, Cuca fala em ‘quebrar tabu’ contra o Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 01/04/2019 18h45
Rubens Chiri / SPFCCuca antecipou seu retorno e fará sua reestreia pelo São Paulo diante do Palmeiras

Cuca fará sua reestreia no comando técnico do São Paulo justamente contra o Palmeiras, time que levou ao título brasileiro em 2016, em uma campanha marcada pelas inúmeras quebras de tabus. E será usando um tabu contra o ex-time que o, agora treinador Tricolor, espera motivar sua equipe para seguir vivo no Campeonato Paulista.

Desde que o Allianz Parque foi inaugurado, em 2014, sete clássicos entre as equipes foram disputados no local e em todas as oportunidades o time da casa levou a melhor. Além disso, o São Paulo não vence o Palmeiras na competição estadual desde 2009 – a última vitória Tricolor aconteceu no Paulistão de 2009, por 1 a 0, no estádio do Morumbi.

“Existe essa pressão, mas esses meninos estão em uma evolução natural. Eles estão tendo uma sequência de jogos e oportunidades A gente não sabe o que vai acontecer, mas temos a oportunidade de quebrar esse tabu”, afirmou o treinador após seu primeiro treino no São Paulo na tarde desta segunda-feira (1º).

Sobre o fato de reestrear pelo São Paulo contra o Palmeiras, Cuca disse que foi o “destino” que reservou este momento em sua carreira: Fui muito feliz lá (no Palmeiras) em 2016 e 2017 e temos um grande desafio. Tomara que a gente consiga sair com a vitória”, reforçou durante a entrevista coletiva.

Para a partida diante dos palmeirenses, o treinador planeja manter o time que eliminou o Ituano nas quartas de final e empatou com o Palmeiras no jogo de ida da semifinal. “O time tomou um rumo novo depois da Libertadores e aconteceram alguns acasos, como lesões. Acho que tem de ser mantido quase tudo”, disse.

Por fim, o treinador garantiu que está totalmente recuperado da cirurgia cardíaca que foi submetido no final do ano passado. “Estou 100% dentro do tratamento que nós tínhamos estabelecido. Nós havíamos planejado dia 15 (de abril), a partir de uma licença médica. Não sabíamos o que ia acontecer. Estou bem”, disse Cuca.

Com informações de Agência Estado