Cuca é apresentado no São Paulo e se diz ansioso para assumir time: ‘Vou dar uma antecipadinha’

  • Por Jovem Pan
  • 18/02/2019 17h16
Rubens Chiri / SPFCA expectativa de Cuca é começar a trabalhar no São Paulo em abril

O técnico Cuca foi apresentado pelo São Paulo na tarde desta segunda-feira (18). E enquanto o novo comandante Tricolor falava com a imprensa no CT da Barra Funda, do lado de fora a torcida protestava contra a diretoria e jogadores. Como não poderia ser diferente, um dos principais assuntos da coletiva, foi o fato dele assumir o time em um momento tão conturbado.

“Mesmo num momento complicado, venho muito energizado, queria muito estar amanhã no campo, mas infelizmente não posso. Tenho um final de tratamento que começou em 5 de dezembro e vai de quatro a seis meses para que eu esteja 100% apto. Mas, honestamente, acho que não vou esperar até o final desse tratamento, vou dar uma antecipadinha”, disse.

Cuca só poderá trabalhar quando receber liberação médica, já que passou por cirurgia cardíaca no fim do ano passado. O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, havia cravado o dia 15 de abril como o início oficial de trabalho de Cuca, que volta ao clube para sua segunda passagem.

“Estou muito animado porque sinto que ainda posso contribuir para o São Paulo dentro da minha profissão. Sempre gostei de montar times dentro do orçamento que me é passado. Aqui não se trata disso, não estamos em dezembro, mas de melhora que vamos ter tanto dentro quanto fora de campo. Hoje estou fora, mas continuo atento ao mercado”, explicou.

Enquanto Cuca estiver fora, a equipe será dirigida por Vagner Mancini, coordenador de futebol do São Paulo, como aconteceu no clássico do último domingo, contra o Corinthians. “Queria agradecer ao Mancini. Sem ele, não teria como aceitar. Vou estar sempre em contato com ele. As formações vão ser da cabeça dele, mas o quanto antes vou estar trabalhando”, comentou.

Com informações de Agência Estado