Julio Casares é eleito presidente do São Paulo

Eleito com 155 votos, Julio substituirá Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, no cargo

  • Por Jovem Pan
  • 12/12/2020 19h33 - Atualizado em 12/12/2020 21h10
Divulgação

As eleições presidenciais do São Paulo aconteceram neste sábado, 12, e Julio Casares, da chapa ‘Juntos pelo São Paulo’, foi eleito com 155 votos, contra 78 votos de Roberto Natel. A votação ainda teve um voto em branco. Os 234 sócios do Tricolor Paulista também escolheram o Conselho Deliberativo e o Conselho Administrativo. No Deliberativo, Olten foi eleito com 153 votos, contra 80 MPG e um em branco. No Administrativo, Adilson Martins foi o mais votado com 163 votos, seguido de Vinícius Medeiros: 151, José Alberto: 147, Sylvio de Barros: 84, Marcos Francisco: 81, Rui Stefanelli: 80 e Marco Paixão: 57. A votação começou as 10h30 (horário de Brasília) e se encerrou às 16h.

De acordo com informações do repórter da Jovem Pan, Giovanni Chacon, inicialmente eram oito os candidatos à eleição no SPFC, mas um deles retirou a candidatura. Em seu discurso da vitória, Casares agradeceu o Conselho Deliberativo e disse querer deixar um legado no clube. “Meus amigos eu quero cumprimentar o presidente do Conselho Deliberativo com quem eu tive o privilégio de conviver com trabalho árduo. Ao meu vice presidente, o meu abraço, o meu grande companheiro de luta e grande são paulino. Eu confesso que estou muito emocionado, não consigo não lembrar do meu pai que me fez são paulino. Um garoto de 6 anos, do extremo da zona leste, torcendo pelo São Paulo. O São Paulo é a grande inspiração da minha vida. Eu sou um torcedor, sou da arquibancada e o São Paulo precisa desse sangue, precisa de uma transformação de conceito e de valores e nós faremos. Eu quero deixar um legado. Um legado de profissionalização e de meritocracia”, confessou.