Volpi exalta Fernando Diniz: ‘É o melhor treinador com quem trabalhei’

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2020 09h38
Liamara Polli/Estadão ConteúdoTiago Volpi defende o São Paulo desde 2019

Antes da paralisação dos campeonatos devido ao surto do novo coronavírus, o São Paulo estava fazendo uma boa campanha no Campeonato Paulista e demonstrando um futebol envolvente. No entendimento de Tiago Volpi, as apresentações convincentes estão diretamente relacionadas com o trabalho eficaz de Fernando Diniz.

Em entrevista à “ESPN”, nesta sexta-feira (27) Volpi exaltou a filosofia do técnico e explicou como é o relacionamento com o técnico no cotidiano.

“A base do trabalho do Fernando Diniz é muito simples. Você tem um estilo de jogo, como posse de bola e tomada das ações de jogo, e uma metodologia. O que ele faz é trabalhar esse estilo e esse método todo dia, e a cada dia a gente entende um pouco mais e executa com mais perfeição. Eu respeito todos os meus treinadores e não estou falando isso porque ele é o meu técnico, mas sem dúvida o Diniz é o melhor treinador com quem trabalhei, tanto no nível tático, técnico e pessoal, em saber lidar e tratar o jogador”, comentou.

No entendimento de Volpi, a diretoria são-paulina acertou ao manter Diniz para a temporada 2020. “Sabíamos quão importante seria ter uma pré-temporada completa com ele. É claro que o resultado influencia, mas vale muito mais o que estamos fazendo em termos de qualidade do trabalho e do desempenho do nosso futebol”, opinou.

Tiago Volpi está se firmando como o melhor goleiro do São Paulo após a aposentadoria do Rogério Ceni. Contratado em definitivo no final do ano passado, o arqueiro vem passando confiança e demonstrando segurança na meta do Tricolor. Para ele, entretanto, ainda está muito cedo para falar em idolatria com os torcedores.

“Não se pode querer acelerar as as coisas, não pode forçar, vem com naturalidade e acompanhado de conquistas. Ídolo é uma palavra muito forte e pesada, e leva tempo e conquistas para que isso possa vir a acontecer”, disse.

Na conversa, Volpi também afirmou que o período sem futebol devido à doença Covid-19 não pode atrapalhar o bom momento da equipe.

“Nós do grupo é que temos que cuidar disso, de não podermos deixar que a parada influencie negativamente. Se tivemos um bom desempenho na primeira parte do ano, não podemos pensar que não podemos também ter na segunda. Tem que fluir naturalmente, temos que trabalhar muito. Não acho que, com esse grupo, iremos cair na armadilha de voltar e achar que vai estar tudo bem só porque estava tudo bem antes”, comentou.