Luan desiste de queixa contra torcedores do Corinthians que o agrediram em motel

Caso ocorreu em julho e marcou o fim da passagem do atleta pelo clube paulista; amigos que estavam com o jogador também desistiram da ação

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2023 11h52 - Atualizado em 19/10/2023 12h53
Reprodução/YouTube/Grêmio FPBA Luan foi apresentado como novo reforço do Grêmio Luan acertou com o Grêmio após passagem turbulenta pelo clube paulista

O atacante Luan desistiu de prestar queixa contra torcedores do Corinthians que o agrediram dentro de um motel na Barra Funda, zona oeste de São Paulo, em julho deste ano, quando ainda estava vinculado ao clube paulista. A informação foi confirmada pela Polícia Civil ao site da Jovem Pan. Os amigos de Luan, que estavam com atleta na ocasião, também desistiram da ação. O caso aconteceu na madrugada do dia 4 de julho. Na ocasião, torcedores invadiram um motel na capital paulista para agredir o jogador. Em vídeo que circulou pelas redes sociais, o atleta aparece recebendo socos e sendo agarrado pelo pescoço enquanto é xingado. Luan chegou a publicar uma foto de sua bermuda suja de sangue pelas redes sociais. O episódio marcou o fim da passagem do atacante pela equipe paulista. Luan foi contratado em 2020, por R$ 28,9 milhões. No total, o atleta disputou 80 partidas, com 11 gols e cinco assistências com a camisa do Alvinegro. Após a passagem turbulenta por São Paulo, Luan retornou ao Grêmio, onde foi campeão da Libertadores, em 2017, quando foi eleito o melhor jogador da América. No empate em 4 a 4 entre Corinthians e Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, em setembro, o atleta entrou na partida no decorrer da segunda etapa e foi vaiado pelos corintianos. A reportagem tenta contato com a defesa do jogador.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.