Maradona pede perdão à criança que agrediu após Jogo pela Paz na Colômbia

  • Por Agência EFE
  • 14/04/2015 20h11

"Os empresários têm medo de mim"Maradona em evento organizado por jornal na Itália

Diego Armando Maradona pediu perdão nesta terça-feira a Santiago Palencia, um menino de 14 anos que agrediu na sexta-feira passada após uma partida beneficente em Bogotá chamada de o Jogo da Paz na Colômbia.

Em um vídeo postado no site do jornal “As” da Colômbia, o astro do futebol pede desculpas ao menor: “Perdão, querido. Com o tumulto de gente que havia, não sabia que era você. Eu vi todas as pessoas tirando fotos e, quando te vi, te acertei por atrás”.

O eterno camisa 10 argentino autografou uma bola para jovem com uma dedicatória que dizia “com carinho para Santi” e lhe garantiu que, a partir de agora, toda vez que visitar a Colômbia o convidará onde quer que esteja para que joguem futebol juntos.

Na sexta-feira passada e após o final da partida disputada no estádio municipal de Techo, Maradona deu uma volta olímpica no campo para saudar os torcedores, o que degenerou em agressões do ex-jogador contra jornalistas e torcedores que tentava tirar uma foto.

Além disso, Maradona chutou um dos membros de segurança do estádio, além de empurrar os torcedores que estavam perto dele, segundo foi possível ver em vídeos divulgados através das redes sociais.

Durante sua mensagem ao jovem colombiano, Maradona lhe assegurou que ele não quer que a agressão fique para a história como “mais um incidente” e lembrou que ele tem duas filhas para quem jamais levantou a mão.