CR7 e Messi são superados em lista dos atletas mais bem pagos da década

  • Por Jovem Pan
  • 25/12/2019 16h11 - Atualizado em 25/12/2019 16h15
Montagem sobre fotos/Alfredo Falcone/Sérgio Ruiz/Estadão ConteúdoCristiano Ronaldo e Messi ganharam 11 das últimas 12 edições do prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa

Aposentado desde 2017, Floyd Mayweather subiu no ringue apenas dez vezes na última década. Isso, porém, bastou para o boxeador norte-americano se tornar o esportista mais bem pago da década, ao receber US$ 915 milhões (aproximadamente R$ 3,7 bilhões), segundo o ranking divulgado pela revista Forbes.

Floyd Mayweather ocupa a liderança do ranking principalmente pelo combate contra o irlandês Conor McGregor, em 2017. O boxeador norte-americano venceu a chamada “luta do século” por nocaute técnico e recebeu US$ 285 milhões (mais de R$ 1,1 bilhão).

Cristiano Ronaldo e Messi, donos de 11 dos últimos 12 prêmios de melhor jogador do mundo, estão logo atrás na lista. O português, que está em sua segunda temporada na Juventus, da Itália, é o segundo mais bem pago dos últimos dez anos, faturando US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões).

Já o argentino do Barcelona é o terceiro. Ele recebeu US$ 750 milhões (R$ 3 bilhões) ao longo da década. No entanto, foi o atleta mais bem pago de 2019 (US$ 127 milhões (R$ 518 milhões).

Para elaborar o ranking, a Forbes se baseia em salários, premiações, bônus, contratos com fornecedores de material esportivo e licenciamento de produtos, entre outros.

Veja a lista dos 10 atletas mais bem pagos da década segundo a Forbes:

1º – Floyd Mayweather (boxe): US$ 915 milhões (R$ 3,7 bilhões)
2º – Cristiano Ronaldo (futebol): US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões)
3º – Lionel Messi (futebol): US$ 750 milhões (R$ 3 bilhões)
4º – LeBron James (basquete): US$ 680 milhões (R$ 2,7 bilhões)
5º – Roger Federer (tênis): US$ 640 milhões (R$ 2,6 bilhões)
6º – Tiger Woods (golfe): US$ 615 milhões (2,5 bilhões)
7º – Phil Mickelson (golfe): US$ 480 milhões (R$ 1,9 bilhão)
8º – Manny Pacquiao (boxe): US$ 435 milhões (R$ 1,7 bilhão)
9º – Kevin Durant (basquete): US$ 425 milhões (R$ 1,7 bilhão)
10º – Lewis Hamilton (Fórmula 1): US$ 400 milhões (R$ 1,6 bilhão)

*Com informações do Estadão Conteúdo