Fórmula 1: Lando Norris, da McLaren, é o mais rápido no 1º dia de testes em Barcelona

O britânico fez na sessão da tarde o tempo de 1min19s568, após 103 voltas, superando o monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, que havia feito pela manhã 1min20s165, depois de 80 voltas

  • Por Jovem Pan
  • 23/02/2022 17h29
Reprodução/Twitter/@F1 Lando Norris foi o mais rápido no 1º dia de testes de Barcelona Lando Norris foi o mais rápido no 1º dia de testes de Barcelona

Lando Norris, da McLaren, fez o melhor tempo no primeiro dia da pré-temporada da Fórmula 1 com os reformulados carros para a temporada 2022, nesta quarta-feira, em Barcelona. O britânico fez na sessão da tarde o tempo de 1min19s568, após 103 voltas, superando o monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, que havia feito pela manhã 1min20s165, depois de 80 voltas. O espanhol Carlos Sainz, também da Ferrari, ficou em terceiro, seguido pelo britânico George Russell, estreante na equipe Mercedes. O heptacampeão mundial Lewis Hamilton terminou as atividades na quinta posição.

Quarto lugar pela manhã, o alemão Sebastian Vettel, Aston Martin, caiu para o sexto lugar, enquanto seu companheiro de equipe, Lance Stroll ficou apenas em 13º. O japonês Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, precisou de 121 voltas para obter o sétimo tempo, superando o espanhol Fernando Alonso, da Alpine. O campeão Max Verstappen, da Red Bull, usou o dia para testar o equipamento, sem preocupação com o tempo e foi apenas o nono do dia, após 147 voltas. O finlandês Valtteri Bottas, agora na Alfa Romeo, só girou 25 voltas para ser o décimo, enquanto o polonês Robert Kubica, piloto reserva da equipe, rodou nove voltas pela manhã e terminou em último (16º).

O décimo primeiro lugar foi de Alex Albon, o mais rápido da equipe Williams, pois Nicholas Latifi terminou apenas em 14º. Mick Schumacher foi o mais rápido dos dois pilotos da Haas, ficando em 12º, após danos no piso atrapalharem sua corrida na sessão da tarde. Seu companheiro de equipe Nikita Mazepin terminou em 15º, tendo pilotado pela manhã. Cinco pilotos – Zhou Guanyu, Esteban Ocon, Daniel Ricciardo, Pierre Gasly e Sergio Perez – não entraram na pista nesta quarta e são aguardados nos dois próximos dois dias.

* Com informações do Estadão Conteúdo