Liga Futsal: mesmo sem data para jogos, times reiniciam preparação

  • Por Jovem Pan
  • 12/06/2020 21h45
Vitor Kortmann/JEC FutsalMesmo sem data de retorno da liga, futsal volta às atividades

Os times da Liga Futsal já estão se preparando para a retomada da temporada, mesmo que os jogos não tenham data definida para acontecer. Um dos primeiros liberados para os treinos, o Joinville já está na terceira semana de atividades. Semifinalista em 2019, o time catarinense desenvolveu um protocolo para atletas, comissão técnica e funcionários, que estabelece, entre outras medidas, uso de máscaras, lucas, aferição de temperatura e aplicação de um questionário para identificação de possíveis sintomas da covid-19.

A Secretaria Municipal de Saúde de Joinville (SC) liberou atividades em grupos de até oito pessoas, mas a equipe estabeleceu o limite de cinco atletas.

“Nós não paramos. Realizamos os treinos on-line durante a quarentena e demos sequência ao trabalho. Voltamos, é claro, com o grupo reduzido e tomando as devidas precauções para que nada aconteça. Fizemos academia uma vez, que em Joinville foi liberado, também em grupo reduzido”, conta o pivô Dieguinho.

O Carlos Barbosa, maior campeão da Liga, também recomeçou em maio. Na semana passada, a equipe voltou às quadras, também em grupos reduzidos.

“Essa parada de dois meses foi dura para o grupo. Tínhamos feito uma grande pré-temporada, acho que não tivemos nenhuma lesão. Agora, tem que retomar aos poucos, passo a passo, para evitar lesões e não atrapalhar o decorrer da temporada”, declara Pesk, pivô do time da cidade de Carlos Barbosa, em entrevista à página oficial do clube no Facebook.

Grandes partes das equipes que retomaram os trabalhos, ou estão em vias de voltar, são da região do sul, onde as regras de flexibilização já estão em fases mais adiantadas. O Jaraguá, de Santa Catarina, retornou aos treinos no último dia 3, seguindo um protocolo criado com base no do futebol do Flamengo. Já o Atlântico, de Erechin, no Rio Grande do Sul, reiniciou os trabalhos segunda-feira, 8, adotando o distanciamento entre jogadores, uso de máscaras e verificação de temperatura.

Já o Joaçaba, de Santa Catarina, planeja voltar na próxima segunda-feira, 15, com a realização de testes. No mesmo dia, o Assoeva reiniciará os trabalhos em grupos de até quatro jogadores, treinamentos físicos e atividades com bola.

“Usamos ferramentas da internet para conversarmos em grupo. Tentamos, da melhor maneira possível, manter os atletas ativos e ocupados, realizando de quatro a cinco treinamentos por semana. Estamos felizes em poder retornar às atividades e com foco total nas competições”, afirma Guilhermo Verfe, técnico da equipe de Venâncio Aires (RS).

A Intelli Tempersul, de Dracena (SP), voltou aos treinos na quarta-feira, 10, após todos os resultados darem negativo. Os atletas realizaram treinos ao ar livre. O Minas, por sua vez, anunciou no começo do mês que a retomada das atividades do futsal e outras modalidades da agremiação terá que esperar. O clube espera a posição das autoridades sobre a reabertura dos clubes, já que ainda está vigente o decreto da prefeitura de Belo Horizonte que visa “evitar aglomerações”.

* Com Agência Brasil