Mundial de Natação do Japão é adiado para 2023 devido à pandemia

Além disso, a Fina anunciou que o Mundial seguinte, previsto para Doha, no Catar, acontecerá em fevereiro de 2024

  • Por Jovem Pan
  • 01/02/2022 11h03
PA Images via Reuters Connect bruno fratus Bruno Fratus é um dos melhores nadadores do Brasil na atualidade

O Mundial de Natação, previsto para acontecer em maio deste ano, na cidade de Fukuoka, no Japão, foi adiado novamente. Em comunicado, a Federação Internacional de Natação (Fina, na sigla em francês) disse que o campeonato será disputado em julho de 2023, informando que o motivo para a decisão é o aumento de infectados pelo novo coronavírus no país. O Mundial, vale lembrar, estava inicialmente marcado para acontecer em 2021. “Com a situação pandêmica e as restrições atualmente em vigor no Japão, a Fina e os principais nomes do Comitê Organizador de Fukuoka-2022 concordaram em reprogramar o 19.º Mundial para 14 a 30 de julho de 2023”, afirmou o presidente da Fina, o kuwaitiano Husain Al-Musallam, em um comunicado oficial divulgado nesta terça-feira, 1º.

Além disso, a Fina anunciou que o Mundial seguinte, previsto para Doha, no Catar, “acontecerá em fevereiro de 2024”, seis meses antes dos Jogos Olímpicos de Paris. “Esta decisão foi tomada pelo bem de todos”, completou a entidade. Será a primeira vez na história que um Mundial de piscina longa (50 metros) será realizado em ano olímpico. A realização dos outras duas competições marcadas para este ano em Kazan, na Rússia, seguem confirmadas. O Mundial Júnior mantém a sua data de 23 a 28 de agosto e o de Piscina Curta continua programado para ocorrer entre 17 e 22 de dezembro.

*Com informações do Estadão Conteúdo