Pequim-2022: Pressionada após doping, Kamila Valieva sofre quedas e fica sem medalha

Visivelmente triste com sua atuação, a jovem de 15 anos foi às lágrimas ainda na pista e precisou ser consolada por seus treinadores

  • Por Jovem Pan
  • 17/02/2022 11h31 - Atualizado em 17/02/2022 11h38
EFE/EPA/HOW HWEE YOUNG Kamila Valieva foi às lágrimas após cair na final individual da patinação artística e ficar sem medalha Kamila Valieva foi às lágrimas após cair na final individual da patinação artística e ficar sem medalha

Liberada para disputar a final individual da patinação artística, Kamila Valieva teve uma prova para ser esquecida nesta quinta-feira, 17. Favorita a ganhar a medalha de ouro, a russa sofreu três quedas, cometeu vários erros técnicos e acabou na quarta posição, ficando fora do pódio na Pequim-2022. Visivelmente triste com sua atuação, a jovem de 15 anos foi às lágrimas ainda na pista e precisou ser consolada por seus treinadores. Outra atleta do Comitê Olímpico Russo, Anna Scherbakova ficou na primeira posição, seguida da compatriota Alexandra Trusova, dona da nota mais alta do programa livre. A japonesa Kaori Sakamoto, por sua vez, ficou com o bronze.

Valieva pôde competir nesta quinta após o Conselho Arbitral do Esporte (CAS) decidir, na manhã da última segunda-feira, 14, retirar a suspensão por doping da patinadora, que testou positivo para uma substância proibida em um exame antidoping antes de embarcar para a China. Apesar disso, a russa foi alvo de críticas por parte dos Estados Unidos e do Canadá, que não acharam a determinação “justa”. Ainda assim, atleta de 15 anos ainda não sabe se irá receber a sua medalha de ouro, obtida na disputa por equipes femininas, na semana passada.