Zanardi é operado pela 3ª vez: ‘A complexidade do caso é bastante singular’

O italiano está em coma induzido e ligado a um respirador desde que colidiu a sua bicicleta de mãos com um caminhão perto da cidade toscana de Pienza, em 19 de junho

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2020 15h41
Giuseppe Lami/EFEApós ter de amputar as duas pernas devido a um acidente na Fórmula Indy, em 2001, Alessandro Zanardi se tornou paratleta

O piloto italiano Alessandro Zanardi foi submetido a uma terceira cirurgia nesta segunda-feira, 06, em Siena, na Itália, onde se encontra hospitalizado desde 19 de junho, após sofrer grave acidente durante prova de bicicleta de mão. O antigo piloto de Fórmula 1 passou por uma operação de cinco horas, no hospital Universitário de Siena, para reconstrução craniofacial e estabilização das áreas afetadas pelo traumatismo, de acordo com o boletim médico divulgado nesta tarde. “As fraturas eram complexas, o que exigia uma programação cuidadosa. Recorremos a tecnologias digitais e tridimensionais feitas sob medida para o paciente. A complexidade do caso é bastante singular, ainda que seja um tipo de fratura com a qual lidamos com regularidade no nosso hospital”, informou o médico Paolo Gennaro, diretor de cirurgia maxilofacial do hospital de Siena.

O comunicado conta ainda que, após a operação, Zanardi regressou aos cuidados intensivos, onde permanece em coma induzido. “As suas condições mantêm-se estáveis do ponto de vista cardiorrespiratório e metabólico, mas graves do ponto de vista neurológico. O prognóstico mantém-se reservado”, concluiu. Zanardi, que perdeu as duas pernas em um acidente de automobilismo há quase 20 anos, está em coma induzido e ligado a um respirador desde que colidiu a sua bicicleta com um caminhão perto da cidade toscana de Pienza, durante uma corrida de revezamento. Os médicos explicaram que ele sofreu um grave trauma facial e craniano e alertaram para possíveis danos cerebrais.

O ex-piloto de Fórmula 1 competia em uma etapa do revezamento do Objetivo Tricolor, uma competição que reúne atletas paralímpicos em bicicletas de mão, triciclos ou cadeiras de rodas. O acidente ocorreu no quilômetro 146 da rodovia entre Pienza e San Quirico d’Orci. Segundo informações da imprensa italiana, Zanardi teria perdido o controle da sua bicicleta de mão em uma descida, em uma curva, indo para a pista oposta. Na contramão, ele se chocou com um caminhão.

Zanardi soma quatro medalhas de ouro paralímpicas. Ele competiu na Fórmula 1 entre 1991 e 1994 e, depois, migrou para o automobilismo norte-americano, onde foi campeão na Cart em 1997 e 1998. Em 2001, um grave acidente em corrida da Cart na Alemanha o fez perder as duas pernas. O italiano ainda seguiria envolvido no automobilismo, mas aos poucos passou a se concentrar no esporte paralímpico. E faturou dois ouros nos Jogos de Londres-2012 e outros dois no Rio-2016.

*Com informações do Estadão Conteúdo