Por lei antigay, Super Bowl de 2015 pode não ser realizado no Arizona

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2014 17h29

Estádio no Arizona pode não receber o Super Bowl XLIX caso lei antigay seja aprovada no estado

University of Phoenix Stadium

A 49ª edição do Super Bowl, a final da NFL, liga de futebol americano, está programada para ser realizada no Arizona em 2015, mas um fato pode tirar o evento esportivo mais importante dos Estados Unidos do estado. Um projeto de lei em trânsito no Arizona pretende estabelecer que comércios locais tenham o direito de negar seus serviços a gays e lésbicas, baseando-se em premissas religiosas.

De acordo com o jornal USA Today, o Comitê Organizador do Super Bowl no Arizona, entretanto, está se opondo fortemente à aprovação do projeto de lei e pede que o governador Jan Brewer vete a proposta.

O porta-voz da National Football League (NFL), Greg Aiello, fez questão de destacar que a liga é contra qualquer tipo de discriminação.

“Nossas políticas enfatizam tolerância e inclusão e proíbem discriminação baseada em idade, gênero, raça, religião, orientação sexual e qualquer outro padrão impróprio. Estamos acompanhando o caso no Arizona e vamos continuar a fazê-lo se o projeto virar lei, mas não vamos fazer nenhum tipo de comentário neste momento”, declarou Aiello.

O Comitê Organizador do Super Bowl afirmou em comunicado que uma de suas principais missões é a de promover a vitalidade econômica no Arizona.

“Nesse sentido ouvimos de forma clara de vários de nossos acionistas que a adoção desta legislação não somente seria contrária a esse objetivo (vitalidade econômica) bem como seria um grande empecilho para o crescimento econômico no estado. Não apoiamos essa legislação”, disse o Comitê em nota oficial.

O Super Bowl de 2015 está programado para ser disputado no estádio da Universidade de Glendale. Vale lembrar que, em 1993, a NFL mudou o Super Bowl para a cidade de Pasadena, na Califórnia, depois que o Arizona fracassou em promulgar um feriado estadual para honrar Martin Luther King Jr., em novembro de 1990.