Um ano após atentado, Meb Keflezighi vence maratona de Boston e quebra tabu

  • Por Agencia EFE
  • 21/04/2014 16h05

None

Washington, 21 abr (EFE).- Um ano após os atentados na maratona de Boston, Meb Keflezighi venceu nesta segunda-feira a 118ª edição da corrida e quebrou um tabu de 21 anos ao se tornar o primeiro americano a subir ao lugar mais alto do pódio desde que Greg Meyer faturou a prova em 1983.

Keflezighi, que nasceu na Eritréia e tem 38 anos, terminou a corrida em 2h08m37, a segunda melhor marca de um americano na história desta prova.

A vitória de hoje não foi fácil. Nos quilômetros finais, ele precisou suportar a pressão do queniano Wilson Chebet, que ficou com a medalha de prata, chegando 11 segundos atrás do campeão. Com o bronze ficou o também queniano Frankline Chepwony, com o tempo de 2h08s50.

Keflezighi tem no currículo uma medalha olímpica de prata, conquistada em Atenas 2004, quando ultrapassou o então líder Vanderlei Cordeiro de Lima após este ter sido bloqueado pelo ex-padre irlandês Cornelius Horan faltando sete quilômetros para o fim da prova. O brasileiro ficou com o bronze, e o italiano Stefano Baldini ganhou o ouro.

Nesta segunda, na disputa feminina em Boston, a vitória foi da queniana Rita Jeptoo, que quebrou o recorde da prova ao completar o percurso em 2h18m57. Este foi o terceiro título da maratonista campeã em 2006 e 2013. Atrás dela ficaram as etíopes Buzunesh Deba e Mare Dibaba, que tiveram os tempos de 2h19min59 e 2h20min35, respectivamente.

Já Adriana Aparecida da Silva, única representante do Brasil na disputa, terminou na 16ª colocação. A maratona deste ano também foi marcada pela forte segurança e pela lembrança dos atentados de 2013, que deixaram três mortos e centenas de feridos e mutilados.

Durante a semana passada, a cidade se vestiu de gala para homenagear as vítimas e os que ajudaram no socorro a elas, e mostrar que Boston se recuperou do pior atentado acontecido nos Estados Unidos desde os de 11 de setembro de 2001.

A maratona contou com 36 mil corredores, que carregaram o novo lema da cidade após os ataques: “Boston Strong” (Boston Forte, em português).

None

Confira as dez primeiros colocados na disputa masculina:.

Corredor País Tempo.

.1. Meb Keflezighi (EUA) 2h08min37.

.2. Wilson Chebet (QUE) 2h08min48.

.3. Frankline Chepkwony (QUE) 2h08min50.

.4. Vitaliy Shafar (UCR) 2h09min37.

.5. Markos Geneti (ETI) 2h09min50.

.6. Joel Kimurer (QUE) 2h11min03.

.7. Nicholas Arciniaga (EUA) 2h11min47.

.8. Jeffrey Eggleston (EUA) 2h11min57.

.9. Paul Lonyangata (QUE) 2h12min34.

10. Adil Annani (MAR) 2h12min43.

None

Confira as dez primeiras colocadas na disputa feminina:.

Corredora País Tempo.

.1. Rita Jeptoo (QUE) 2h18min57.

.2. Buzunesh Deva (ETI) 2h19min59.

.3. Mare Dibaba (ETI) 2h20min35.

.4. Jemima Jelagat Sumgong (QUE) 2h20min41.

.5. Meselech Melkamu (ETI) 2h21min28.

.6. Aleksandra Duliba (BLR) 2h21min29.

.7. Shalane Flanagan (EUA) 2h22min02.

.8. Sharon Cherop (QUE) 2h23min00.

.9. Pholes Ongori (QUE) 2h23min22.

10. Desiree Linden (EUA) 2h23min54. EFE

rg/abs/id