Produtor rural terá canal direto para denúncia de praga em plantações de laranja; veja como vai funcionar

Medida busca catalogar a localização de pomares abandonados ou mal manejados e conter o avanço do ‘greening dos citros’, doença que mais ameaça a citricultura no mundo

  • Por Jovem Pan
  • 25/10/2023 18h17
Freepik Laranja Brasil responde por 37% da produção global de laranjas e 64% da produção global de suco de laranja

A Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento lançou nesta quarta-feira, 25, um canal de denúncia contra pragas nas plantações de laranjas, conhecido como ‘greening dos citros’. A medida busca conter o avanço da Huanglongbing (HLB), doença altamente destrutiva presente em São Paulo, Minas Gerais e Paraná. A legislação brasileira define que é obrigatória a realização do controle eficiente do psilídeo em todos os pomares com plantas de citros e, nos pomares com até oito anos de idade, deve ser feita pelo produtor a eliminação de plantas sintomáticas. Por meio da plataforma, a Defesa Agropecuária poderá se manter informada da localização de pomares de citros abandonados ou mal manejados e adotar ações de educação e conscientização do produtor. A iniciativa faz parte de uma série de medidas que serão adotadas pelo governo para controlar o greening, doença que mais ameaça a citricultura no mundo. Para reportar uma denúncia de ocorrência de praga, o produtor terá que acessar esta página (clique AQUI) e informar data, município de localização do pomar, idade aproximada das plantas e anexar uma imagem. Informar o nome do denunciante é opcional.

O Brasil responde por 37% da produção global de laranjas e 64% da produção global de suco de laranja, segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR).  Os dados reforçam a importância da produção citrícola e a força do agronegócio brasileiro no mundo. A produção aqui no país está concentrada principalmente no cinturão cítrico, entre São Paulo e Minas Gerais, com mais de 300 municípios dedicados a produzir a fruta. Atualmente, são mais de 5 mil propriedades envolvidas na área que gera cerca de 200 mil empregos diretos e indiretos. Aproximadamente 95% do suco de laranja produzido aqui no Brasil vai para o mercado externo e entre os principais clientes estão: a Europa, que é o principal mercado, seguido por Estados Unidos, China e Japão.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.