Acidente com ônibus de turismo deixa pelo menos 21 mortos no Paraná

Veículo tombou na BR-376, em Guaratuba, quando transportava 57 passageiros de Belém do Pará com destino a Balneário Camboriú, em Santa Catarina

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2021 14h07 - Atualizado em 25/01/2021 15h07
Reprodução Batalhão de Polícia Militar de Operações AéreasMais de 50 pessoas ficaram feridas após o ônibus de turismo sair da pista e tombar

Um acidente com um ônibus de turismo na BR-376 em Guaratuba, no litoral do Paraná, deixou ao menos 21 mortos nesta segunda-feira, 25. De acordo com o Corpo de Bombeiros e o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), o veículo transportava 57 passageiros e dois motoristas quando saiu da pista e tombou próximo à Curva da Santa, perto do quilômetro 668. Mais de 50 pessoas ficaram feridas, sendo sete em estado grave, quatro com ferimentos moderados e 19 com machucados leves. As vítimas estão sendo encaminhadas pelas aeronaves do BPMOA para hospitais em Curitiba (PR) e Joinville (SC).

A Polícia Rodoviária do Paraná informa que o ônibus de turismo viajava de Ananindeua, no Pará, para Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e que o acidente teria acontecido por volta das 8h30 da manhã. No entanto, ainda não se sabe quais fatores podem ter contribuído para o tombamento. A Arteris Litoral Sul informou através do seu perfil oficial no Twitter que o trânsito foi liberado a partir do quilômetro 662, assim como a faixa esquerda do quilômetro 668. No entanto, as faixas central e direita seguem interditadas, sem previsão para liberação.

O governador do Pará, Helder Barbalho, também utilizou o seu perfil no Twitter para lamentar o acidente com o ônibus de turismo que partiu da região metropolitana de Belém. “É com muita tristeza que recebi a notícia do grave acidente, em Guaratuba, no litoral do Paraná, envolvendo um ônibus de turismo de Belém. Imediatamente, pedi para o secretário de segurança do Estado entrar em contato com os responsáveis pelo resgate, no local do acidente, para identificar as vítimas e prestar o apoio necessário. Meus sentimentos aos que perderam familiares nesse terrível incidente. O Governo irá acompanhar para dar o suporte necessário”, afirmou.