Coronavírus: Hospital Albert Einstein tem sete pacientes na UTI

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2020 12h22 - Atualizado em 18/03/2020 12h29
EFE/Sebastião Moreirao Albert Einstein decidiu limitar os testes apenas para pacientes com sintomas mais graves

O Hospital Israelita Albert Einstein tem, no momento, sete pacientes na UTI com sintomas suspeitos do novo coronavírus. A entidade não informou se os pacientes já testaram positivo para a doença.

Segundo informação divulgada nesta quarta-feira (18) pela entidade, ao todo, estão internados 45 pacientes nas instalações do hospital. Desses 21 são casos confirmados do novo coronavírus e 24 são ainda suspeitos.

Com a alta demanda dos testes para a Covid-19, o hospital chegou a realizar 1.700 testes em um dia. Por causa do aumento, o Albert Einstein decidiu limitar os testes apenas para pacientes que estejam apresentando sintomas mais graves que necessitem de internação, suspendendo a realização em pacientes assintomáticos.

A proposta adotada visa garantir que a capacidade do hospital não seja esgotada. “O hospital tem a capacidade de realizar cerca de 3,5 mil exames por dia. O número de exames diários aumentou gradualmente, atingindo a marca de 1,7 mil por dia no último fim de semana.”

Ao todo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) são cerca 184.976 casos do coronavírus  e 7.529 mortes pela doença em todo o mundo.

De acordo com os dados do ministério da Saúde atualizado na terça-feira (17) às 18h10, são 291 casos confirmados da Covid-19 no Brasil e 8.819 pacientes com suspeita da doença. Até o momento, o ministério da Saúde não apresentou dados atualizados nesta quarta-feira (18).