Anvisa aprova dois novos produtos feitos à base de cannabis

Com a autorização, o número de itens aprovados pela agência feitos com base na substância cresceu para sete

  • Por Jovem Pan
  • 04/11/2021 14h48
Pixabay maconha-anvisa A Anvisa aprovou em dezembro de 2019 resolução para permitir registro de produtos à base de cannabis no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou a autorização de dois novos produtos feitos à base de cannabis. O extrato de cannabis sativa promediol e o extrato de cannabis sativa zion medpharma 200 MG/ML são compostos por extratos vegetais, ou seja, por um conjunto de substâncias extraídas da planta, enquanto que os demais são compostos por canbidiol isolado. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 4, e a agência informou que os produtos serão importados da Suíça e distribuídos no Brasil como “prontos para uso”. Com o anúncio, o número de produtos à base de cannabis aprovados pela Anvisa cresceu para sete. “Os dois novos produtos autorizados estarão disponíveis sob a forma de solução gotas, contendo 50 mg/mL de canabidiol (CBD) e não mais que 0,2% de tetrahidrocanabinol (THC), e, portanto, deverão ser comercializados em farmácias e drogarias a partir da prescrição médica por meio de receita do tipo B (de cor azul)”, esclareceu a Anvisa.