Anvisa autoriza uso emergencial de medicamento contra a Covid-19

Anticorpo monoclonal Regkirona (regdanvimabe) não é recomendado para pacientes em estado grave ou que precisem de suplementação de oxigênio

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2021 14h32 - Atualizado em 11/08/2021 15h19
Anvisa/AscomAnvisa confirmou a autorização do uso emergencial do medicamento, mas estabeleceu contraindicações

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quarta-feira, 11, o uso emergencial de um novo medicamento contra a Covid-19. O regkirona (regdanvimabe) é o quarto remédio autorizado pela agência para auxiliar no tratamento da doença no Brasil, sendo um anticorpo monoclonal, que, segundo a Anvisa, “reproduz anticorpos que ajudam o organismo no combate a alguma doença específica”. Em comunicado, a agência esclareceu que o medicamento não é indicado para pessoas adultas que precisam de suplementação de oxigênio ou estejam em estado grave. Ainda de acordo com a Anvisa, não existem dados sobre a utilização do medicamento por gestantes e lactantes. O tratamento deverá ser iniciado logo após o teste positivo para a doença, dentro do período de sete dias desde o início dos sintomas. Antes do regkirona, o rendesivir e duas associações de anticorpos monoclonais já haviam sido autorizados.