Bolsonaro volta a chamar Greta Thunberg de ‘pirralha’ e ironiza a COP25

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2019 16h14
Matheus Bonomi/Estadão ConteúdoO presidente afirmou também que o "homem do campo" está "menos apavorado" em seu governo com a fiscalização

O presidente Jair Bolsonaro atribuiu as críticas que tem recebido por causa da sua política ambiental a uma “questão econômica”. Durante evento nesta quarta-feira (11) também voltou a chamar a ativista ambiental Greta Thunberg, de 16 anos, de “pirralha”, mesmo após a repercussão da escolha da jovem como Personalidade do Ano da revista Time.

Bolsonaro ironizou ainda críticas por ter derrubado decreto que impedia plantação de cana-de-açúcar na Amazônia. “Espero que o pessoal da COP25 não venha nos acusar de querer substituir a floresta amazônica por um grande canavial. A sanha, a maneira como nos atacam nessa questão ambiental, virou uma política econômica”, disse em evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI). O presidente afirmou também que o “homem do campo” está “menos apavorado” em seu governo com a fiscalização.

Greta também voltou ser tema de declarações do presidente. “Tem até uma pirralha que tudo o que ela fala à nossa imprensa, a nossa imprensa, pelo amor de Deus, dá um destaque enorme. Ela está agora fazendo o seu showzinho lá na COP25. Mas tudo bem. Eu acredito que nós temos, ao trabalhar em equipe, meios de mudar o Brasil”, afirmou.

* Com informações do Estadão Conteúdo