Brasil vai manter relação pragmática com Argentina, diz Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2019 16h49 - Atualizado em 27/11/2019 16h51
Flickr/Palácio do PlanaltoBolsonaro já designou o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, para representá-lo na posse do novo governo esquerdista de Alberto Fernández

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (27) que o Brasil vai manter uma relação pragmática com o governo do presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández. “Nosso relacionamento com a Argentina vai ser pragmático sim, temos bom relacionamento comercial, no que depender de mim continuará”, disse Bolsonaro durante entrevista a jornalistas na Zona Franca de Manaus (AM).

Fernández venceu as eleições pela coalizão de esquerda Frente de Todos e sua vice é a senadora Cristina Kirchner, ex-presidente do país. Bolsonaro é crítico do kirchnerismo e apoiou a reeleição do presidente Maurício Macri, derrotado nas urnas em outubro.

A posse do novo governo será em 10 de dezembro, em Buenos Aires. Bolsonaro já designou o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, para representá-lo na cerimônia.

Na segunda-feira (25), Bolsonaro já havia dito que espera que os acertos feitos pelo governo da Argentina, no âmbito do Mercosul, sejam mantidos por Fernández, como o acordo de livre comércio com a União Europeia, que ainda precisa ser ratificado pelos países membros dos blocos.

Nos dias 4 e 5 de dezembro, será a última cúpula do ano dos chefes de Estado do Mercosul e a reunião do Conselho do Mercado Comum. Na ocasião, a Argentina ainda será representada por Maurício Macri.

* Com informações da Agência Brasil