Brumadinho: Rejeitos devem chegar à foz do Rio Paraopeba no meio de fevereiro

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2019 18h32
Yuri Edmundo/EFELama deve chegar à foz do Paraopeba entre os dias 15 e 20 de fevereiro

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) prevê que a pluma, mistura de água e rejeito, formada pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG), na última sexta-feira (25), deve chegar à foz do Rio Paraopeba entre os dias 15 e 20 de fevereiro.

De acordo com um relatório do CPRM, a pluma se desloca a 1 km/h e deve chegar à região de São José da Varginha na noite desta terça-feira (29). Entre os dias 5 e 10 de fevereiro, a lama deve atingir a usina hidrelétrica de Retiro Baixo. Depois, na semana seguinte, os rejeitos deverão chegar à foz do Paraopeba, na usina hidrelétrica de Três Marias.

A foz do Rio Paraopeba, o principal afetado pelo rompimento da barragem, fica na bacia hidrográfica do Rio São Francisco, na região central de Minas Gerais.

O desastre de Brumadinho deixou pelo menos 60 mortos e 292 desaparecidos.