Caixa considera pausar as prestações de imóveis por até seis meses

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2020 14h42
Wilson Dias/Agência BrasilO pagamento foi postergado por três meses

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse nesta sexta-feira (27) que o governo considera pausar as prestações de imóveis por até seis meses. Inicialmente, foi postergado o pagamento por dois meses — pedido já feito por cerca de 800 mil famílias. Agora, o governo ampliará para três meses.

“Se a crise se intensificar, vamos continuar postergando parcelas em todas as linhas. Pode chegar a até seis meses”, declarou Guimarães.

Ele destacou que os juros do cheque especial e o rotativo do cartão de crédito chegaram na quinta a 2,9% ao mês, mas que a intenção é reduzir ainda mais.

“Faremos isso matematicamente”, declarou Guimarães. “A população terá mais dinheiro sobrando para pagar contas”, disse.