Caixa paga nesta quarta auxílio emergencial para nascidos em fevereiro

O benefício foi prorrogado pelo governo federal até dezembro; no entanto, ainda não há cronograma dos próximos pagamentos

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2020 09h49 - Atualizado em 02/09/2020 09h51
Giuliano Gomes/Estadão ConteúdoAuxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal segue nesta quarta-feira, 2, com o ciclo 2 de pagamentos das parcelas do auxílio emergencial. Os créditos começam pelos beneficiários nascidos em janeiro, no dia 28 de agosto, e hoje será liberado o pagamento para cerca de 3,5 milhões nascidos em fevereiro. O segundo ciclo de pagamentos vai até 27 de outubro. Neste ciclo, mais três públicos foram incluídos: trabalhadores que fizeram o cadastro nas agências dos Correios entre 2 de junho e 8 de julho; trabalhadores que fizeram a contestação pelo site da Caixa ou App Caixa Auxílio Emergencial de 3 de julho a 16 de agosto e foram considerados elegíveis; beneficiários que tenham recebido a primeira parcela em meses anteriores, mas que tiveram o benefício reavaliado em agosto. No caso das reavaliações, o benefício foi liberado novamente para 148 mil pessoas.

Os recursos podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível pagar boletos e fazer compras na internet e nas maquininhas em mais de 1 milhão de estabelecimentos comerciais. O calendário de pagamentos do auxílio emergencial é organizado em ciclos de crédito em conta Poupança Social Digital e de saque em espécie. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período de acordo com o mês de nascimento. Para os beneficiários nascidos em fevereiro, os saques e transferências serão liberados no dia 22 de setembro. Aqueles que tiveram os pagamentos retidos vão receber todas as parcelas a que têm direito de uma só vez, dentro do Ciclo 2. Já os trabalhadores que optaram por realizar o cadastro nos Correios e aqueles que contestaram vão receber a primeira parcela dentro do Ciclo 2. As parcelas seguintes serão pagas de acordo com os ciclos 3 e quatro de pagamentos.

Extensão do benefício

O auxílio emergencial foi prorrogado pelo governo federal até o fim de 2020. O anúncio foi feito pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, na terça-feira, 1. Com a extensão, quatro novas parcelas do benefício serão pagas até dezembro no valor de R$ 300. Até o momento, o governo não divulgou o calendário dos próximos pagamentos. A expectativa é que a divulgação aconteça nas próximas semanas. O auxílio foi criado em abril como uma medida para reduzir os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia de Covid-19. A princípio, os beneficiários receberam três parcelas de R$ 600 (o valor chegou a R$ 1,2 mil por parcela de acordo com critérios dos beneficiários). Posteriormente, duas parcelas adicionais já haviam sido aprovadas, chegando a cinco pagamentos. Com a nova prorrogação, no total, serão nove parcelas do programa.

*Com Agência Brasil