Câmara dá 15 dias para governo solucionar problema com testes de Covid próximos à validade

Audiência sobre o tema foi realizada com integrantes da comissão externa da Câmara nesta quarta-feira; sete milhões de testes para Covid-19 devem perder a validade até março

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2020 20h49
Roque de Sá/Agência Senado/25.11.2020Testes para detecção do Covid-19 estão em galpão do governo federal

A Comissão Externa da Câmara dos Deputados ouviu nesta quarta-feira, 25, técnicos do Ministério da Saúde sobre os motivos pelos quais sete milhões de testes para detectar a Covid-19 estão sem utilização e próximos ao prazo de validade em um galpão do Governo Federal no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Insatisfeitos com as justificativas dadas pelos membros da pasta, os deputados estipularam prazo de 15 dias para que o ministério e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apresentem uma solução definitiva para o problema.

O chefe da Secretaria de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, teria tentado explicar que apesar das caixas darem prazo de validade entre o fim de 2020 e o começo de 2021, o vencimento real marcado nos componentes do kit para testes é até 2023. Ele não explicou, porém, por que os números da embalagem não condizem com o dos componentes internos. Os técnicos do ministério afirmaram que entregarão um relatório à Anvisa solicitando um pedido de extensão do prazo de validade dos testes. Até o momento, porém, a agência afirmou não ter recebido o documento. A representante da reguladora também foi ouvida pelos deputados e lembrou da importância de se conduzir testes sérios para verificar se o prazo de validade poderá ser estendido, já que qualquer estabilidade nos testes pode causar risco à precisão do equipamento.