Caminhoneiros suspendem greve em MG, e abastecimento deve ser normalizado em 24 horas

Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado, as bases estão abertas e os caminhões já começaram a ser abastecidos normalmente

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2021 18h31
Fernando Frazão/Arquivo Agência BrasilCaminhoneiros protestam contra alta dos combustíveis

Caminhoneiros que fazem o transporte de combustíveis suspenderam a greve em Minas Gerais na tarde desta sexta-feira, 22. Os tanqueiros iniciaram a paralisação na noite de ontem, o que levou ao desabastecimento nos postos em todas as regiões do Estado. Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado (Minaspetro), as bases estão abertas e os caminhões já começaram a ser abastecidos normalmente. Em nota, o órgão informou que, assim que os veículos saírem da base de Betim, o abastecimento de combustíveis em todo o Estado deve ser normalizado em aproximadamente 24 horas. A categoria reclama da alta dos custos dos combustíveis da Petrobras e do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), tarifa cobrada pelos Estados. O sindicato informa que entrou em contato formalmente com o governo de Minas e solicitou que a pauta dos caminhoneiros fosse atendida.