Diagnosticado com câncer, Covas deve realizar três sessões de quimioterapia

A primeira acontecerá entre esta segunda (28) e terça-feira (29)

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2019 20h27
Leco Viana/Estadão ConteúdoCovas, de 39 anos, está internado desde quarta-feira

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, deve realizar entre esta segunda (28) e terça-feira (29) a primeira sessão de quimioterapia para um câncer no trato digestivo. Segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio Libanês, onde o tucano está internado, Covas será submetido no total a três sessões de quimioterapia, quando será novamente reavaliado.

O tumor, um adenocarcinoma, está localizado na área de transição entre o estômago e o esôfago e também há duas lesões, uma no fígado e outra nos linfonodos. O tucano passará por quimioterapia. Ainda não se sabe se ele se afastará da Prefeitura.

Covas, de 39 anos, está internado desde quarta-feira (23) para tratar inicialmente o que seria uma erisipela (infecção cutânea). Em seguida, foi confirmada uma trombose venosa profunda nas veias fibulares. Exames posteriores também identificaram um tromboembolismo nos dois pulmões.

Atualmente, de acordo com o hospital, tanto a erisipela quanto a trombose venosa das veias fibulares já estão em remissão, mas ele permanecerá internado para controle do tromboembolismo pulmonar.

No último domingo (27), o prefeito de São Paulo realizou um pet scan (exame de imagem) que identificou o tumor. No mesmo dia ele passou por uma laparoscopia, onde foi coletado material para biópsia. A confirmação do tumor maligno aconteceu nesta segunda-feira.

O prefeito está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho, Prof. Dr. Raul Cutait, Dr. Artur Katz e Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer.