Catadores de reciclagem serão parte crucial da 28ª Parada de Orgulho LGBT+

Ao todo serão 150 catadores e 2 cooperativas que estarão presentes no evento; eles receberão equipamento próprio e material para identificação

  • Por Tamyres Sbrile
  • 02/06/2024 09h23
Divulgação/Pimp My Carroça e Cataki Catadores de reciclagem Pimp My Carroça e Cataki Serão 150 catadores e 2 cooperativas presentes no evento que acontece neste domingo (2)

Acontece neste domingo (2), a 28ª Parada de Orgulho LGBT+ de São Paulo. Com a estimativa de receber mais de 3 milhões de pessoas, algumas medidas para minimizar o lixo foram tomadas e uma dessas ações são a participação do grupo Cataki e Pimp My Carroça, que são coletivos que promovem inclusão do trabalho de catadores informais em eventos. Com o apoio do Instituto HEINEKEN, esses 150 catadores e 2 cooperativas serão remunerados pela prestação de serviço, bem como receberão vestimenta adequada, luvas e equipamentos próprios para a realização do trabalho, como EPIs. Presentes em outros eventos da capital, como o carnaval, esta será a primeira vez que Cataki e Pimp My Carroça participarão da parada. A iniciativa contribui diretamente para a geração de oportunidade profissional e um ambiente mais digno de trabalho para esses profissionais, passando pelo reconhecimento de sua importância e principalmente a remuneração justa que tanto necessitam.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Entre as dicas que os catadores dão para os participantes da parada é que eles prefiram latinhas a garrafas de longneck, pois o valor da latinha é maior do que o vidro.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.