Centenas de balsas de garimpo ilegal atracam no Rio Madeira, no Amazonas

Segundo contagens preliminares, ao menos 640 embarcações estão no local; instituto diz que tomou conhecimento das ações e que atividades naquela região não são licenciadas

  • Por Jovem Pan
  • 24/11/2021 15h28
Reprodução/Twitter @fernandapsolBarcos se encontram atracados no Rio Madeira

Um grupo com várias balsas e dragas de garimpo ilegal atracaram nas águas do Rio Madeira, no Amazonas, nos últimos dias. Os episódios aconteceram na região das cidades de Autazes e Nova Olinda do Norte. Segundo contagens preliminares, aproximadamente 640 balsas estão na região, localizada há cerca de 120 km da capital do Estado, Manaus. A chegada de balsas teria começado pela descoberta de grandes quantidades de ouro na região. O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), órgão estadual que gere a questão ambiental no Estado, disse que “tomou conhecimento das denúncias sobre a movimentação de dragas (balsas) de garimpo na região entre os municípios de Autazes e Nova Olinda do Norte, e será feito um diagnóstico apurando a real situação no local”. “O Ipaam informa, também, que atividades de exploração mineral naquela região não estão licenciadas e, portanto, existindo de fato, são irregulares”, afirma o Ipaam.

*Com informações do Estadão Conteúdo