Chanceler brasileiro reconhece Jeanine Áñez como presidente da Bolívia

  • Por Jovem Pan
  • 12/11/2019 22h06
Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

O Brasil foi o primeiro país a reconhecer a senadora Jeanine Áñez como nova presidente da Bolívia, poucas horas após a opositora se autoproclamar, durante sessão no Senado, sem quórum, na noite desta terça-feira (12). A confirmação foi feita por Ernesto Araújo, chanceler do Brasil, a repórteres em Brasília.

“Nossa percepção é que a Constituição boliviana está sendo seguida, interinamente claro, acho que é importante o compromisso de convocar eleições. Então nossa primeira percepção é que está sendo cumprido o rito constitucional boliviano, e queremos que isso contribua para pacificação, normalização no país”, afirmou Ernesto Araújo.

“É, por tudo que eu estou informado sim.  Nosso entendimento é  que todos os ritos estão sendo cumpridos. Portanto,  ela assume legalmente”, concluiu o chanceler brasileiro.