Senadora Jeanine Áñez assume presidência interina da Bolívia

A sessão realizada no parlamento boliviano não contou com a presença de representantes do Movimento ao Socialismo (MAS), partido de Evo Morales

  • Por Jovem Pan
  • 12/11/2019 20h37 - Atualizado em 13/11/2019 09h14
Reprodução TwitterJeanine Áñez, presidente interina da Bolívia, pretende convocar eleições 'o quanto antes'

A senadora opositora Jeanine Áñez assumiu nesta terça-feira (12) a presidência interina da Bolívia em sessão no Parlamento que não contou com a presença dos representantes do Movimento ao Socialismo (MAS), partido do agora ex-governante Evo Morales.

Morales anunciou a entrega do cargo neste domingo (10). “Renuncio ao meu cargo de presidente para que (Carlos) Mesa e (Luis Fernando) Camacho não sigam perseguindo dirigentes sociais. Quero dizer que a luta não termina aqui. Os humildes, os pobres, os setores sociais, nós vamos continuar com a luta por igualdade e paz. É importante dizer ao povo que é minha obrigação como presidente buscar essa pacificação”, afirmou Morales em seu pronunciamento na TV.

Ainda no domingo, as Forças Armadas pediram para que Morales renunciasse após uma auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA) apontar graves irregularidades na apuração dos votos das eleições presidenciais de 20 de outubro, nas quais ele foi reeleito em primeiro turno para o quarto mandato.

Nesta terça, as autoridades da Bolívia confirmaram a quarta morte desde o início dos protestos que tomam conta das ruas. O coronel Heybert Antelo, comandante da Unidade Táctica de Operação Policial (UTOP) de La Paz, sofreu um acidente de trânsito ao tentar desviar de um cartucho de dinamite jogado na direção de seu carro. De acordo com a polícia, ele acabou se chocando com um micro ônibus e morreu horas após chegar ao hospital.

No Twitter, a agora presidente interina da Bolívia comentou a morte de Antelo. “Expresso minhas condolências pelo falecimento do Tenente Coronel Heybert Yamil Antelo Alarcon”, escreveu.

O candidato a presidência da Bolívia, Oscar Ortiz Antelo, que disputou as eleições com Morales, publicou uma foto do momento em que Áñez assume a presidência do país. “Deus abençoe e ilumine a nova presidente da Bolívia”, escreveu no Twitter.

*Com informações da EFE